Entenda o que é vinho natural e quais são os seus benefícios

Entenda o que é vinho natural e quais são os seus benefícios

O mundo tem dado mais atenção à problemática dos aditivos químicos presente nos alimentos e bebidas, bem como os fertilizantes utilizados nos plantios agrícolas. Tudo isso ocorre em uma era em que o consumidor possui mais acesso à informação e decide repensar práticas que fazem mal à saúde e ao meio ambiente.

Uma simples taça de vinho pode parecer não se encaixar tanto assim nessa controvérsia, já que pouco se fala das substâncias artificiais empregadas nessa bebida – mas, sim, elas existem! Vários aditivos acabam sendo empregados nos vinhos convencionais, desde o cultivo das videiras até as etapas finais da vinificação. Falamos um pouco mais sobre essas substâncias neste post. Contudo, nem todos os produtores fazem uso destes elementos. Estamos falando dos vinhos naturais!

A vinificação natural e seu processo sem química:

O vinho natural é resultado da escolha de intervir o mínimo possível no processo de vinificação. Isto é, deixar a natureza cumprir seu papel. E tudo começa no plantio das videiras.

Você sabia que parte considerável dos pesticidas usados nas produções agrícolas permanecem nos alimentos e bebidas? Isso mesmo. É por isso que o conceito de vinificação natural se inicia ainda no plantio. As uvas são cultivadas buscando o manejo sustentável da plantação, com cobertura verde de solo e sem uso de herbicidas.

Após a seleção manual, colheita e prensa dos cachos, forma-se o mosto que será fermentado e transformado em vinho. Na vinificação convencional, muitos optam por intervir neste processo, fazendo modificações através de aditivos que auxiliam no controle e estabilização do fermentado. Já na vinificação natural, preza-se por não interferir de nenhuma maneira, afinal, esses aditivos também acabam alterando a qualidade e o sabor do produto final. A fermentação ocorre apenas com as leveduras selvagens (aquelas contidas no próprio fruto), que se concentram na casca. A estabilização é monitorada e deixada a cargo do próprio tempo. Não são adicionados sulfitos, conservantes ou açúcar para fazer correção alcoólica. Em suma: apenas uva de alta qualidade, muita técnica e dedicação. Na etapa final também não se faz a filtragem, mantendo a bebida mais fiel às características da uva e do terroir.

Vinho natural é sinônimo de vida saudável. É interessante frisar que aditivos e conservantes empregados em qualquer produto alimentício inevitavelmente acabam dentro do nosso organismo. Cada vez mais essa tem sido uma preocupação de consumidores que prezam pelo cuidado com a saúde. Hoje, no Brasil, existem mais de 250 aditivos enológicos permitidos por lei. O produtor de vinhos naturais busca não utilizar nenhum deles.

Quem bebe um vinho natural sabe exatamente o que tem na sua taça, e pode degustá-la com prazer e tranquilidade, sabendo que está consumindo um produto saudável e respeitoso com o meio ambiente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DESENVOLVIDO POR ATRIA DESIGN STUDIO